António Dieb, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Alentejo, é um dos três nomes apontados para presidir à Agência para o Desenvolvimento e Coesão (ADC).
Para além de António Dieb, estão também nomeados Maria Rosa Tobias Sá, antiga presidente do Instituto Nacional dos Recursos Biológicos e ex-adjunta do Gabinete do Ministério da Saúde, e Joaquim Norberto Cardoso Pires da Silva, ex-presidente da CCDR Centro e hoje vereador social-democrata na Câmara Municipal de Condeixa.
Em declarações à Rádio Campanário, António Dieb referiu que “há na vida profissional e na vida pessoal de cada um de nós desafios e caminhos que cada um vai fazendo, tomando as suas opções e assumindo os seus riscos”.
António Dieb disse ainda que têm sido “três anos e meio de trabalho intenso numa Comissão de Coordenação Regional e num Programa Operacional” em que teve “a sorte de poder contar com a dedicação e lealdade de uma equipa muito competente e o trabalho que está feito acreditamos que é um trabalho positivo”.
A tutela liderada pelo ministro-adjunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro, tem agora 45 dias para escolher o melhor candidato.
A ADC está a ser liderada interinamente por Rosa Maria Simões. O presidente demissionário desta agência, José Soeiro, foi escolhido pelo Governo, em Maio, para assumir o papel de primeiro curador do beneficiário dos fundos comunitários.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Estremoz: “Mercado do Lago” no sábado

A 11.ª edição da iniciativa “Mercado do Lago”, em Estremoz, dedicada ao artesanato urbano,…