A associação ambientalista Quercus alerta para os riscos da central nuclear de Almaraz, que consideram obsoleta. Este alerta tem por base o teste de resistência pedido pela Greenpeace à central nuclear espanhola.

“A central está completamente obsoleta. É uma bomba relógio que temos para a região do interior e para Portugal”, disse o responsável pelo núcleo da Quercus de Castelo Branco, Samuel Infante, citado pela Lusa.

Almaraz é uma central nuclear situada no município do mesmo nome (Cáceres). É refrigerada pelo rio Tejo. Pertence às empresas Iberdrola, Unión Fenosa e Endesa. O primeiro de dois reactores entrou em funcionamento em 1981

Greenpeace publicou ontem, dia 29, um relatório sobre a segurança das centrais nucleares na Europa. No caso de Almaraz, o relatório da Greenpeace diz que a central não deveria estar operacional por falta de segurança.

A Quercus e diversas organizações ambientalistas espanholas têm denunciado os problemas de segurança em Almaraz e exigido o encerramento da central.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Liga dos bombeiros lamenta que INEM anuncie meios que já existem nas corporações

A Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) lamentou hoje que o INEM tenha anunciado o reforço …