A coordenadora da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Évora, Ireneia Lino, apresentou a demissão. Segundo uma rádio de Évora, a Diana FM, o HESE confirma a demissão, por razões pessoais, e garante a VMER está a funcionar dentro da normalidade e garantindo a qualidade da prestação dos cuidados aos utentes da região.

Ireneia Lino, especialista de Medicina Interna, era há vários anos responsável pela unidade de intervenção pré-hospitalar de Évora.

A VMER de Évora registou sucessivos casos de inoperacionalidade por falta de médico em 2012, 2013 e 2014. Os problemas na contratação de médicos surgiram quando o HESE deixou de contratar médicos directamente e optou por contratação recorrendo a empresas.

A demissão de Ireneia Lino não é caso único no HESE, que em Maio viu o responsável do serviço de oncologia apresentar a demissão, também por razões pessoais.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Estremoz: “Mercado do Lago” no sábado

A 11.ª edição da iniciativa “Mercado do Lago”, em Estremoz, dedicada ao artesanato urbano,…