A Associação de Futebol de Portalegre (AFP) quer manter-se “na linha da frente” no que diz respeito à formação dos agentes desportivos e contribuir para o progresso do futebol infantil e juvenil.
Em declarações à Rádio Portalegre, Nuno Silva, presidente da AFP, sublinhou que “a transmissão de conhecimento e a troca de experiências são factores fundamentais na formação e evolução dos agentes desportivos”.
Segundo Nuno Silva, a AFP vai manter a aposta na formação e, nesse sentido, decidiu organizar o I Congresso de Futebol, que decorreu sábado, dia 20, no Centro de Artes do Espectáculo de Portalegre.
O congresso reuniu várias personalidades do mundo do futebol, nomeadamente Jorge Castelo, professor da Universidade Lusófona.
De acordo com Jorge Castelo, esta iniciativa da AFP “é fundamental para a difusão do saber, bem como para o reconhecimento de um conjunto de pessoas que contribuíram para que o futebol português seja melhor”.
Também Aurélio Pereira, do Sporting Clube de Portugal, reconheceu o mérito deste congresso, destacando que o desenvolvimento da formação, a nível distrital, é um papel que cabe às associações.
O I Congresso de Futebol da AFP contou ainda com a presença dos técnicos Lito Vidigal, Rui Quinta e Carlos Pereira, do responsável pela escola de guarda-redes da Federação Portuguesa de Futebol, Vítor Baia, e do seleccionador nacional de futebol feminino, Francisco Neto.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Desporto

Veja também

Estremoz: “Mercado do Lago” no sábado

A 11.ª edição da iniciativa “Mercado do Lago”, em Estremoz, dedicada ao artesanato urbano,…