A Feira de São João começa amanhã, sexta-feira, e vai animar Évora até dia 29. Tendo por palco o Rossio de São Brás, o certame assinala os 500 anos do Palácio de D. Manuel e inclui uma “O Paço e a cidade – Cinco séculos, uma memória”, é uma exposição fotográfica e documental – “O Paço e a cidade – Cinco séculos, uma memória”.

Outra novidade que pode ser vista logo no primeiro dia do evento é o espetáculo “A arruada do elefante”. Trata-se de um desfile diário para evocação festiva e caricaturada da Embaixada da Obediência enviada pelo Rei D. Manuel ao Papa Leão X em 1514. O desfile vai percorrer, diariamente, o recinto da feira, entre as 21:30 e as 22:30, com a participação artística da associação cultural Do Imaginário.

A exemplo do ano anterior, a Feira do Livro de Évora volta a realizar-se em simultâneo com a Feira de São João, no espaço do Jardim Público junto ao coreto

Na música, realce para uma novidade de última hora. No dia 26, às 23 horas, o Colégio Luís António Verney, da Universidade de Évora (junto ao Jardim Público), acolhe um concerto com Dave Liebman, ícone do jazz mundial. O saxofonista é acompanhado neste projeto por Mário Laginha ao piano, Erik Ineke na bateria, Ricardo Pinheiro na guitarra e Massimo Cavalli no contrabaixo.

Pelo palco do Jardim Público vão passar: Sara Tavares, Kumpania Algazarra, Luís Pastor, Celina da Piedade, Quadrilha, Ricardo Ribeiro e o espetáculo “Deixem o Pimba em Paz”, com Manuela Azevedo (vocalista dos Clã) e Bruno Nogueira.

Dia 29 de junho, dia de São Pedro e dia do Município, feriado municipal, realiza-se uma sessão comemorativa dos 40 anos da descentralização cultural.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Uncategorized

Veja também

Deflagrou mais um incêndio em Vila Boim

Um incêndio rural deflagrou na tarde de terça-feira, dia 27 de Setembro, em Vila Boim, num…