A Guarda Nacional Republicana intensificou, entre o dia 23 e 24 de Maio, a fiscalização da condução sob influência de álcool e de substâncias psicotrópicas e o combate à criminalidade.

Durante a operação, a nível nacional, foram testados 3806 condutores, tendo sido detetados 190 a circular com uma Taxa de Álcool no Sangue (TAS) superior ao permitido por lei. 
Na área de jurisdição do Comando Territorial da GNR de Évora foram empenhados 65 militares e foram levadas a cabo 23 acções de fiscalização, direccionadas para as vias onde as infrações por excesso de álcool são mais frequentes. 
Nestas acções foram testados 163 condutores, dos quais cinco conduziam com TAS superior ao permitido por lei. No decurso da operação foram detetadas 17 infrações, das quais se destacam 14 ao Código da Estrada e três relativas à Legislação Regulamentar.
 

Foto de Arquivo

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Moedas de um e dois cêntimos com fim à vista? Comissão Europeia avalia

A Comissão Europeia lançou uma consulta pública para avaliar o impacto sobre a utilização …