A presidente da Câmara Municipal de Portalegre, Adelaide Teixeira, afirmou que a cidade e o concelho chegaram a um ponto de “quase não retorno”, mas mostrou-se esperançada de que ainda é possível reverter “o estado da coisa”.
Adelaide Teixeira, que falava na sessão solene dos 465 anos da elevação de Portalegre a Cidade, disse que “a situação desconfortável” em que se encontram a cidade e o concelho deve-se a “uma certa indolência e apatia e à dificuldade em nos afirmarmos ou reivindicarmos”.
A autarca, eleita pela CLIP, lamentou ainda a “estranha forma de ser ou de estar” dos portalegrenses, que “os impele para a crítica fácil a tudo o que é ou se faz cá, em detrimento do elogio ao que vem de fora ou se faz em outros locais”.
A sessão solene abriu com uma partilha da correspondência de José Régio para Alberto de Serpa, adquirida pelas Câmaras Municipais de Portalegre e Vila do Conde, um total de 888 cartas e postais.
Presente na cerimónia, a presidente da Câmara Municipal de Vila do Conde, Elisa Ferraz, mostrou-se determinada em tornar mais activa e dinâmica a geminação entre as duas cidades, unidas pelo poeta José Régio.
O acto serviu também para enaltecer personalidades de relevo, nomeadamente o conhecido “repórter da cidade”, João Trindade.
João Trindade, agraciado com a Medalha de Mérito Municipal (grau prata), dedicou o “prémio” à imprensa regional do interior do País.
António Martinó voltou a Portalegre para receber a Medalha de Mérito Municipal (grau ouro). O conhecido professor, que reside actualmente em Peniche, citou Zeca Afonso para afirmar que, esteja onde estiver, as suas raízes mantêm-se na capital do Alto Alentejo.
Também condecorado com a Medalha de Mérito Municipal (grau ouro), o presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, António Ceia da Silva, aproveitou a ocasião para pedir à cidade que “considere e realce” o que de bom há nos portalegrenses.
Para Ceia da Silva, “Portalegre tem pessoas de grande valor, mas é madrasta para aqueles que são seus”.
O Rotary Clube de Portalegre foi condecorado com a Medalha de Mérito Municipal (grau prata). Piedade Murta, Américo Agostinho e, a título póstumo, António Teixeira foram distinguidos com a Medalha de Mérito Municipal (grau ouro).
Rádio Portalegre

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Uncategorized

Veja também

Dez municípios do distrito de Portalegre criam empresa de gestão da água

Dez dos 15 municípios que constituem o distrito de Portalegre criaram uma empresa municipa…