“A Importância do Turismo Rural” foi o tema central do 6º Workshop Provere InMotion, que, no dia 14 de Maio, juntou em Monforte vários representantes de organismos públicos e privados parceiros no âmbito da colaboração que poderão ou têm vindo a prestar na qualidade de agentes locais chamados a intervir no PROVERE “InMOTION: Alentejo, Turismo e Sustentabilidade”, um dos Programas de Valorização Económica de Recursos Endógenos que se enquadram na tipologia “Estratégias de Valorização Económica de Base Territorial” das Estratégias de Eficiência Colectiva.
O PROVERE InMOTION abrange a totalidade da NUT III Alto Alentejo e quatro municípios da NUT III Alentejo Central, nomeadamente Alandroal, Vila Viçosa, Estremoz e Borba, compreendendo, assim, um território com cerca de 150.774 habitantes.
Organizado pela CIMAA (Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo) e pelo Município de Monforte, o programa deste workshop incluiu a realização de uma caminhada para dar a conhecer a Etapa Torre de Palma/Monforte que integrará o “Alentejo Feel Nature – Rede de Percursos em Natureza – Rota dos Montes” e que teve início no Centro de Acolhimento e Interpretação do Sítio Arqueológico das Ruínas Romanas de Torre de Palma com uma visita guiada à exposição temática e às ruínas, passando por vários pontos de interesse rural e terminando na zona histórica da vila de Monforte, seguindo-se, no Torre de Palma Wine Hotel, um piquenique oferecido a todos os participantes nesta iniciativa e, durante a parte da tarde, também nas instalações da referida unidade hoteleira, um seminário, no qual foram apresentadas comunicações que abordaram temáticas relacionadas com o tema proposto.
O presidente da Câmara Municipal de Monforte, Gonçalo Lagem, abriu a sessão de boas-vindas, congratulando-se pela “forma eficiente como o PROVERE InMOTION tem valorizado os recursos do território, conseguindo combinar o desenvolvimento sustentável dos recursos naturais e culturais da região” e afirmou que esta actividade “é, efectivamente, uma prova de como a cultura de parceria e de estruturação em rede das iniciativas e dos projectos é indispensável para a criação de espaços de excelência e (re)organização do território, com vista ao seu desenvolvimento sustentável”.
Conforme explicou Patrícia Cutileiro, técnica do Município de Monforte e uma das responsáveis pelo traçado desta etapa, o “Alentejo Feel Nature” é um dos projectos âncora do PROVERE InMOTION, que procura focar-se na utilização sustentável dos recursos endógenos locais e regionais.
Este projeto, para além de assegurar a competitividade e a atractividade da região, irá reforçar a sua identidade, potenciando-a a partir das características singulares desta região.
Tendo como mote a Conservação da Natureza, a Promoção da Biodiversidade e a Valorização Económica do espaço rural, a presente operação visa realizar uma “gestão activa” das áreas classificadas, a promoção, a conservação e a criação de um sistema de fruição pública/turística através de uma rede de percursos em natureza.
A criação do produto turístico “Percursos em Natureza” será, efectivamente, um dos vectores de valorização económica, com elevado grau de inovação, onde o respeito pelos recursos endógenos e singulares dos territórios irá contribuir para uma maior competitividade do Alentejo.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Uncategorized

Veja também

Os heróis de Olhão no Rio de Janeiro

Os pescadores de Olhão sublevam-se e irão embarcar guiados pela sua grande experiência e c…