O Rugby Clube de Elvas (RCE) deslocou-se no passado sábado, dia 2, a Guimarães, para defrontar o clube local na última jornada da fase final de sub-18, grupo B, no estádio Gémeos Castro.
A formação elvense queria acabar da melhor forma o campeonato e entrou muito forte no jogo, pressionando o adversário, que, apesar de jogar em casa, nada podia fazer para evitar um domínio total dos visitantes.
Foi com naturalidade que o RCE se adiantou no marcador através de um ensaio das suas linhas atrasadas, colocando o resultado em 0-5.
Pouco tempo depois, com o RCE de novo instalado no meio campo adversário e a cerca de 35 metros dos postes, descaído para o lado esquerdo, o abertura elvense executou um pontapé de ressalto (DROP) de grande dificuldade, ampliando o marcador para 0-8.
A pressão elvense continuava, a equipa local não saía do seu meio-campo e as oportunidades de ensaio sucediam-se. Depois de várias boas jogadas, o RCE marcou dois ensaios, colocando o resultado em 0-18. Antes do intervalo, numa iniciativa individual, o conjunto local reduziu através de um ensaio convertido, fixando o 7-18 que se registava no descanso.
Resultado bastante lisonjeiro para a equipa da casa, depois de tanto domínio elvense.
A segunda parte começou na mesma toada, mas, num campo muito pesado e depois de uma viagem tão longa e desgastante, os jovens elvenses começavam a sentir algum cansaço. A equipa começou a fechar o jogo no seu pack avançado e o encontro entrou numa toada mais lenta. Foi então altura para o RCE jogar mais pela certa, perdendo o menor número de bolas, começando os avançados a dispor de mais bolas, que aproveitarem na perfeição para realizarem boas jogadas, obtendo três ensaios e duas penalidades, passando o resultado para 7-39.
Já perto do final, a equipa da casa reduziu para 14-39, através de um ensaio de penalidade.
Alinharam pelo RCE João Nuno, Manuel Viana (5), Pedro Branco, João Figueira (5), Francisco Lérias, Francisco Sequeira (5), José Pernas (Miguel Demétrio), Miguel Gonçalves, Luís Carvalho (João Bandeiras), Tomás Silva (6), Vasco Abreu (5), Manuel Carvalho (5), Gonçalo Centeno, João Fernandes (5) (João Grenho) e João Gomes (3).
De realçar a grande evolução que esta equipa teve durante a época, onde começou com uma derrota caseira e terminou com uma impressionante série de cinco vitórias e uma derrota nos últimos seis jogos disputados.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Desporto

Veja também

Deflagrou mais um incêndio em Vila Boim

Um incêndio rural deflagrou na tarde de terça-feira, dia 27 de Setembro, em Vila Boim, num…