Uma comitiva representativa de oito municípios do Alto Alentejo deslocou-se, no dia 14 de Março, à Feira de Agronegócio “AgraME2015”, no Dubai.

A iniciativa, promovida e organizada pela Associação para o Desenvolvimento em Espaço Rural do Norte Alentejo (ADER-AL), contou com representantes  convidadosdos dez concelhos que pertencem ao território de intervenção desta associação, nomeadamente Arronches, Campo Maior, Castelo de Vide, Crato, Elvas, Marvão, Monforte, Nisa, Portalegre e Sousel.
Sendo a AgraME 2015 a maior feira dedicada ao Agronegócio e à Indústria de Aves do Médio Oriente, e dada a ruralidade que caracteriza o território do Alto Alentejo, pretendeu a ADER-AL com a organização desta comitiva, “uma aproximação ao emergente mercado do Médio Oriente – mais-valia que não pode ser desperdiçada”.
Recentemente, segundo a ADER-AL, o trabalho desenvolvido por Portugal para a facilitação da exportação de produtos portugueses para o mercado dos Emirados Árabes Unidos teve os seus frutos e foi concedida, a Portugal, autorização para a exportação de produtos cárneos de bovinos e aves de origem nacional para os países dos Emirados Árabes Unidos. Este facto toma “uma especial importância num território como o da ADER-AL, com um expressivo peso da produção de carne bovina e caprina”.
Todas as Câmaras Municipais foram convidadas a integrarem esta deslocação ao abrigo da medida comunitária da ADER-AL “3.5.2 Plano de Aquisição de Competências e Animação”, uma vez que os municípios constituem, “muitas vezes”, o motor da captação de novos investimentos.
Dentro da sua missão alargada são os autarcas os responsáveis pelo desenvolvimento económico dos seus concelhos, detendo ainda a capacidade negocial de oferecer as mais convenientes condições de instalação de novas unidades industriais/outras nos respectivos municípios.
Com vista à potenciação da atracção de negócios, e com a colaboração da delegação da AICEP em Abu Dhabi, realizaram-se várias reuniões com grupos económicos de diversas áreas de negócio, tendo sido demonstrado grande interesse nos produtos de excelente qualidade que estavam representados pela comitiva da ADER-AL: não só produtos agro-alimentares como queijos, azeite ou ameixas de Elvas, entre outros, mas a atenção destes potenciais investidores foi igualmente despertada por produtos que até agora desconheciam, como sejam a cortiça e as tapeçarias de Portalegre.
Foram assim lançados os dados para o que pode vir a constituir a base de investimento dos Emirados no Alto Alentejo.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Uncategorized

Veja também

Vila Viçosa: Concerto no sábado na Igreja dos Agostinhos

Um concerto vai decorrer no sábado, às 18,30h, na Igreja dos Agostinhos, em Vila Viçosa, r…